Skip to main content

7 livros que vão te ajudar a enriquecer em 2017

A EXAME listou alguns livros que podem te ajudar a organizar suas finanças a ganhar mais dinheiro (e até mesmo enriquecer) em 2017.

Algumas obras podem te ajudar a lidar melhor com o dinheiro. Por isso, Exame listou alguns títulos que trazem diversas dicas e lições sobre finanças para se proteger e enriquecer durante o tempo. Confira:

7 livros que vão te ajudar a ganhar mais dinheiro em 2017

1 – A graça do Dinheiro, de Robert Mankoff

Admiradas no mundo inteiro, as charges da New Yorker são, há quase cem anos, a primeira coisa que os leitores procuram na refinada revista. Elas são verdadeiras crônicas sobre os acontecimentos, neuroses e modismos do século XX. Não importa se a bolsa está em alta ou em baixa, este A graça do dinheiro vai fazer os leitores rirem com as melhores charges sobre o tema, entre os anos de 1925 e 2009. São mais de 400 cartuns de mais de 100 cartunistas – organizados pelo editor da New Yorker – por onde desfilam empresários mandões, executivos assanhados, credores trapaceiros, fiscais da receita e acionistas menosprezados. Da Depressão à crise de 2008, não há ninguém no mundo financeiro que tenha escapado das tiradas nada óbvias da revista.

2 – Empire of Things, de Frank Trentmann

Em Empire of Things, Frank Trentmann revela a extraordinária história do nosso mundo material moderno, desde a Itália do Renascimento à economia global de hoje. Embora o consumo seja muitas vezes retratado como uma recente exportação americana, este relato monumental e ricamente detalhado mostra que é de fato um fenômeno verdadeiramente internacional com uma história muito mais longa e diversificada. Trentmann traça a influência do comércio e do império sobre os gostos, como os bens exóticos como o café, o tabaco, o algodão indiano e a porcelana chinesa conquistaram o mundo e a crescente demanda do mercado mobiliário, roupas de moda e conveniência que transformaram a vida privada e pública. Os séculos XIX e XX trouxeram lojas de departamentos, cartões de crédito e publicidade, mas também o surgimento do comprador ético, novas identidades geracionais e, eventualmente, o ressurgimento do consumidor asiático.

3 – Dinheiro compra tudo? Educação financeira para crianças, de Cássia D´Aquino

Onde é fabricado o dinheiro? As moedas têm sempre o mesmo formato? Qual a maior cédula do mundo? Afinal, dinheiro compra ou não felicidade? As respostas para essas e outras perguntas estão reunidas neste livro. Além de aprender um montão de novidades , os alunos poderão rir com as anedotas, desvendar truques de mágica, aprender a plantar dinheiro e fabricar as moedinhas mais saborosas do mundo!

4 – Fora da Curva: Os segredos dos grandes investidores do Brasil – e o que você pode aprender com eles, de Pierre Moreau, Florian Bartunek e Giuliana Napolitano

Organizado pelo investidor Florian Bartunek, pelo advogado e sócio da Casa do Saber Pierre Moreau e pela jornalista Giuliana Napolitano, ”Fora da curva” reúne depoimentos de alguns dos maiores investidores do país — como André Jakurski, Antonio Bonchristiano, Luis Stuhlberger, Guilherme Affonso Ferreira, Guilherme Aché, José Carlos Reis de Magalhães Neto, Luiz Fernando Figueiredo, Meyer Joseph Nigri, Pedro Damasceno e o próprio Bartunek. No total, eles administram cerca de 80 bilhões de reais. Muitas dessas personalidades são avessas a entrevistas, mas decidiram contar a história de suas carreiras a fim de espalhar valiosas lições de negócios para o público brasileiro.

5 – O que é Previdência Social, de Luciano Fazio

Da mesma forma que já foi dito: “A guerra é algo importante demais para ser deixada por conta dos generais”, também cabe afirmar: “A relevância da Previdência Social na vida das pessoas desaconselha que apenas os técnicos ditem suas regras”. O conhecimento permite aos cidadãos a participação consciente na definição dos rumos dessa importante política pública. Com esse propósito, esta publicação apresenta os principais conceitos doutrinários, a organização, o custo e o financiamento do sistema previdenciário. A Previdência Social brasileira tem uma história de sucesso na proteção dos trabalhadores contra a perda dos rendimentos de trabalho. Começou atendendo uns poucos privilegiados e, paulatinamente, se tornou um direito de todos. Entretanto, hoje ela está em discussão. O chamado “déficit”, motivador de propostas de reforma do Regime Geral, administrado pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), é aqui criticamente analisado, bem como as diferentes posições desse debate nacional, apresentadas com seus respectivos pontos fortes e suas fragilidades.

6 – Como viajar sozinho em tempos de crise financeira e existencial, de Hermés Galvão

Definido pelo autor como o (anti)guia menos prático da seção de viagens, este bem-humorado Como viajar sozinho em tempos de crise financeira e existencial é um diário de bordo para o leitor embarcar numa turbulência literária sem escalas com dicas práticas (ou não) para driblar a depressão, a excursão e os turistas sem noção, de brasileiros a orientais. Por que não viajar sozinho e na dureza? Por que deixar de ver o que acontece lá fora quando tudo no país está mais desordenado do que o aeroporto do Galeão, e a conta bancária mais magra do que modelo de calcinha? Baseado em fatos reais e experiências pessoais, este livro diverte e entretém ao mesmo tempo em que traz dicas valiosas para viajantes desacompanhados – mas não necessariamente solitários.

7 – Eu vou te ensinar a ser rico, de Ben Zruel

Ricos não correm atrás de dinheiro. Correm atrás de liberdade! As pessoas de classe média vivem com os mesmos princípios: gastam tudo o que ganham durante o mês para manterem um padrão de vida mais elevado do que podem ter. Como sobra pouco ou nenhum dinheiro para adquirir o “conforto”, utilizam os financiamentos dos bancos e com isso pagam juros altíssimos. Têm a falsa impressão de que estão crescendo porque possuem cada vez mais bens de consumo. Será que realmente estão progredindo? Será que o dinheiro de fato lhes traz conforto? Ou será que a classe média é cada vez mais escrava do dinheiro? O mundo atual é voltado para o consumismo. Poupar diante de tantas propagandas não é uma tarefa fácil. O resultado é que milhões de brasileiros utilizam o limite do cartão de crédito e o cheque especial para cobrir dívidas, contas em atraso e despesas da casa. Além disso, fazem empréstimos novos para quitar os antigos e, com isso, os juros vão se multiplicando. Sem conhecer as “regras do jogo”, você se preocupa em “tapar o buraco” dos juros sobre juros, das multas e outras cobranças derivadas do crédito que adquiriu. Completamente sem saída, você não vê a hora de essa situação se resolver de uma vez por todas. Então, a pergunta é: Como e por onde começar? Como sair dessa situação? Será que precisamos viver desse jeito pelo resto da vida ou podemos sair dessa situação e criar a tão sonhada liberdade financeira? Ben Zruel vai mostrar a você que viver sem precisar trabalhar todos os dias não é um sonho impossível. Com um texto acessível, Ben vai usar a sua experiência como empresário e palestrante para ensinar ao leitor um método prático e aplicável a qualquer pessoa. Construa a sua liberdade financeira, independentemente de quanto ganha por mês! Conheça as quatro regras essenciais para sair das dívidas em doze meses; Cartão de crédito: vilão ou mocinho? Saiba quando usar o seu; Vale a pena sair do aluguel e partir para a casa própria? Renda fixa, imóveis, internet: onde, como e por que investir o seu dinheiro.

banner_cadastro_post_blog

Diligeiro

A forma mais rápida, prática e segura de encontrar correspondentes

One thought to “7 livros que vão te ajudar a enriquecer em 2017”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *