Skip to main content

Trabalhe como Correspondente Jurídico e ganhe experiência ainda na faculdade

Conheça as vantagens, faça seu cadastro no Diligeiro e inicie sua carreira trabalhando com Correspondência Jurídica

Em meio à crise, poucos escritórios e empresas contratam, o que torna muito dificil conseguir um estágio em Direito. Essa falta de demanda fez com que a Correspondência Jurídica (ou Advocacia de Apoio) se tornasse uma grande aliada de estudantes e e recém-formados – uma excelente forma de começar a carreira na área jurídica e o melhor caminho para um advogado em formação adquirir experiência.

Vantagens

Experiência profissional comprovada

A concorrência está ccada vez mais acirrada. Por isso, adquirir experiência profissional ainda na faculdade vai tornar sua colocação no mercado de trabalho muito mais simples.

Atender as demandas dos diversos contratantes do Diligeiro vai te proporcionar uma visão precisa do dia a dia dos escritórios, habilidade em diversos serviços essenciais e, ao prestar um bom atendimento, boas referências.

Auxilio na renda

Vida de universitário não é fácil e a Correspondência Jurídica pode te ajudar nessa fase – e sem atrapalhar seus estudos.

O contratante determina uma data final para concluir o trabalho, mas quanto mais rápido você prestar a diligência, mais em breve o valor estipulado pelo serviço será liberado.

Além disso, quanto mais demandas você prestar com o Diligeiro, maior será sua renda. Por isso, deixe sempre o GPS do celular ligado, pois vai que escritório precise de uma cópia no cartório que você já está?

Expansão da sua rede de contatos

Escritórios e profissionais de todo o país estão conectados ao Diligeiro e quanto mais demandas você se candidatar, maior será a sua visibilidade.

Atividades que um estudante de Direito pode exercer

Claro que sem a aprovação no Exame da OAB você não pode exercer a função de Advogado, mas pode realizar muitas outras tarefas importantíssimas com o Diligeiro, como:

Protocolos
Cópias
Distribuição
Obtenção de certidões
Checar andamento de processos no balcão Entrega de ofícios
Entrega de Ofícios

Advogados, escritórios e empresas de todo o país podem precisar dos seus serviços.

Você acumula experiência, expande sua rede de contatos e ainda pode ganhar um bom dinheiro.

O Diligeiro usa o GPS do celular para conectar correspondentes e contratantes de forma simples e prática. Faça seu cadastro agora mesmo.

banner_cadastro_post_blog

Diligeiro

A forma mais rápida, prática e segura de encontrar correspondentes

15 thoughts to “Trabalhe como Correspondente Jurídico e ganhe experiência ainda na faculdade”

    1. Olá, Diego.
      Sem OAB você pode:
      -Protocolos
      -Despachos
      -Cópias
      -Distribuição
      -Obtenção de certidões
      -Despacho com juiz
      -Distribuição de memoriais
      -Audiências (como preposto)
      -Checar andamento de processos no balcão Entrega de ofícios
      -Acompanhamento de julgamento nos Tribunais

    1. Olá, Diogo. Tudo bem?

      você recebe notificações quando uma demanda esta em um raio de 50km de você. Você pode filtrar demandas por cidade usando o botão de filtrar no canto superior direito da tela ao redor.

      Se tiver mais dúvidas, pode entrar em contato pelo email [email protected]

      🙂

    1. Olá, Luciano. Você pode trabalhar já no início da faculdade, realizando algumas demandas do tipo:

      Cópias
      Distribuição
      Obtenção de certidões
      Checar andamento de processos no balcão Entrega de ofícios
      Entrega de Ofícios

    1. Olá, Raissa.

      Você pode se candidatar às diligências a partir do primeiro ano do curso, desde que já tenha o conhecimento necessário.

  1. Olá, bom dia!
    Quais conhecimentos serão necessários para atuar como correspondente juridico, e se já posso iniciar a partir do 1 periodo?
    Grato.
    Josias

    1. Olá, Josias.

      Você pode SIM se candidatar às diligências a partir do primeiro ano do curso.

      Os conhecimentos necessários são os básicos de processo, como as diferenças entre os atos processuais, e os papéis básicos nas audiências (para ser preposto), bem como saber como funcionam as instituições extrajudiciais, como cartórios, tabelionatos, delegacias, prefeituras, receitas estaduais e federal.

      Além disso, Josias, o correspondente precisa ter responsabilidade, ética profissionais, ser pontual, ter boa oratória, além de outras características para o exercício da advocacia.

      Você não poderá se candidatar à diligências que requeiram um advogado, como audiências e despachos, por exemplo.
      Mas diligências extrajudiciais, como retirada de processos físicos, cópias, preposto e demandas de consumo pode realizar já no primeiro ano.

  2. Olá, estou no 4° semestre de Direito, nunca trabalhei na área, gostaria de saber como faço para adquirir conhecimento para poder trabalhar como correspondente?

  3. Bom dia ! Quando vou me cadastrar , recebo a informação que jÁ tem um cadastrado com esse e-mail. Então, peço para enviar um e-mail e não chega,podem me ajudar? Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *